Mapas do projeto‎ > ‎Brasil‎ > ‎

Censos demográficos no Brasil entre 1872 e 2010

O mapa KML "Demografia Populacional no Brasil (1872 / 2010)" foi criado em exclusivo para o projeto com o intuito de mostrar a evolução demográfica do Brasil desde o primeiro censo demográfico realizado em 1872 até ao mais recente realizado em 2010. Este mapa tem a mais valia de ter uma componente dinâmica, tirando partido do referencial espaço-temporal. Recorrendo ao comando "barra de tempo" pode navegar no tempo e analisar não só o número de população recenseada através da cor e da altura de cada um dos estados e um breve resumo na imagem em legenda, mas também confirmar as alterações das divisões administrativas dos estados que ocorreram nos últimos 140 anos. No total, este mapa dinâmico é constituído por 11 camadas cartográficas, uma por cada ano de Censo Demográfico. Este trabalho foi feito com base nos dados geográficos e estatísticos disponibilizados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Usando o Google Earth Pro (agora gratuito), pode ainda cruzar este mapa com outros mapas publicados pelo projeto como o mapa-mundo dinâmico com as Alterações climáticas segundo a classificação Koppen (1900-2100) (http://goo.gl/FpRuql), os Países do continente americano (http://goo.gl/M5lPTv) ou o mapa-mundo dinâmico com as Temperaturas médias mensais (https://goo.gl/MbYrQt). Neste gif animado consegue verificar a utilizada deste recurso cartográfico no software Google Earth. Experimente você também! Pode descarregar gratuitamente o mapa "Demografia Populacional no Brasil (1872 / 2010)" para o seu computador clicando aqui e desfrutar de mais este recurso no Google Earth, partilhando o conhecimento com os seus alunos e colegas com criatividade e originalidade.

Veja, de seguida, o filme que pode auxiliá-lo no manuseamento deste mapa no Google Earth. 

Censos demográficos do Brasil 1872 / 2010


Agora o mapa está disponível também em Google Maps através do site www.mapasnasaladeaula.org. Este site de internet facilita o acesso aos mapas (não necessitando de ter o programa Google Earth instalado), a partilhar (a partir dos comandos de partilha (Share) disponíveis no Google Maps) e a sua interoperabilidade (sendo possível a sua visualização em qualquer sistema e plataforma). Este novo recurso cartográfico é constituído 10 séries de censos, por motivos de limitação técnica teve-se que retirar o ano de 1950. Algumas das curiosidades deste mapa é a possibilidade de ver os únicos censos de população escrava do Brasil (1872), entretanto abolida oficialmente em 1888, e a evolução do número de municípios ao longos deste quase 140 anos de recenseamentos. Pode ainda explorar os dados adicionais dos diversos estados que foram incluídos no mapa de 2010 como a Densidade Populacional, o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), Taxa de analfabetismo, PIB entre outros. Só tem que selecionar o estado que quer analisar para aparecer a informação respeitante ao mesmo. A cor dos estados está associado ao número de população residente, desde vermelho claro com menos população até ao vermelho escuro os estados com mais população.
Para mudar de ano de recenseamento, só tem que selecionar o botão  e escolher outro ano. Agora é só aventurar-se um pouco na navegação no mapa e explorar estas fantásticas ferramentas geográficas. 





Partilhar esta página