Mapas do projeto‎ > ‎Brasil‎ > ‎

Mapa Geológico da América do Sul

O Mapa Geológico da América do Sul foi criado pela Subcomissão para a América do Sul, da Comissão da Carta Geológica do Mundo (CGMW), em parceria com a Associação de Serviços de Geologia e Mineração Ibero-Americanos (ASGMI) e os serviços geológicos do Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Equador, Peru e Uruguai, além de universidades e institutos de pesquisa do continente, e pode ser considerado "um instrumento de planejamento fundamental, porque permite, assim como acontece com a utilização de outras escalas de síntese, a visão e o diagnóstico do contexto geológico em escala continental”, segundo afirmou o pesquisador em geociências da CPRM Carlos Schobbenhaus, um dos coordenadores da elaboração. Este mapa é constituído por um grande Conjunto de Dados Geográficos onde há a destacar a identificação das várias classes de classificação da carta geológica bem como dos vulcões, crateras, falhas, placas entre muitos outros temas.

Sem dúvida que é uma ferramenta fundamental para conhecer melhor o nosso território, à escala continental, permitindo assim escalar esta informar a uma escala maior, se assim for possível, e identificar alguns desses elementos existentes neste mapa à escala local com todo o pormenor das imagens de satélite dos mapas do Google. Ao identificar um dos 418 vulcões caracterizados neste mapa para a América do Sul, pode assim visitá-lo virtualmente através das imagens de satélite de uma maneira intuitiva e divertida, permitindo desta maneira explorar América do Sul como nunca o fez. Para tal, o cruzamento espacial com outros Conjunto de Dados Espaciais podem ser uma grande ajuda. Pode ainda fazer uma análise espacial destes dados cruzando-os com outros mapas do projeto como o Mapa de Solos do Brasil ou ainda os mapas especiais criados sobre os recursos hídricos como Rios brasileiros e Regiões e bacias hidrográficas e muitos outros mapas em www.mapasnasaladeaula.org
 
Pode descarregar este mapa para o seu PC através deste link para o seu computador e desfrutar de mais este recurso no Google Earth, partilhando o conhecimento com os seus alunos e colegas com criatividade e originalidade.

https://drive.google.com/open?id=14mt0tw4D8P_rnspsG3nfjuU5v-HaCcgN

Além da opção do mapa KML em Google Earth, pode ainda aceder ao mesmo mapa a partir do seu navegador de Internet, sem sair da página de Internet e sem necessitar de instalar o programa Google Earth no seu PC. Para isso, tive que proceder a um conjunto de geoprocessamentos de generalização cartográfica, recorrendo a ferramentas do software de código aberto QGis, para conseguir "encaixar" tanta informação num mapa do Google Maps. Assim, este foi o resultado possível, tendo em consideração as limitações naturais do Google My Maps (como por exemplo o máximo de 5Mb por camada de dados), pelo que este mapa é uma adaptação do mapa original.

Mapa Geológico da América do Sul


Partilhar esta página