Centro de Formação de Escolas Porto Ocidental (turma 1)

A Formação acreditada de 25H em "Google Earth - uma ferramenta inovadora para as ciências Sociais e Ciências Experimentais", promovida pelo CF Escolas Porto Ocidental, Turma 1, decorreu em julho de 2019 e contou com 21 formandos, altamente motivados, para apreender as capacidades deste software gratuito. Assim, este grupo de docentes aturaram-me durante 25H mas, certamente, ficaram capacitados não só no uso do Google Earth Pro mas, acima de tudo, evidenciaram as grandes potencialidades no seu uso na sala de aula. Ficam aqui apresentados os trabalhos realizados dos docentes, que certamente os deverá orgulhar. Atenção, estes trabalhos apresentados pelos formandos podem não estar concluídos. Têm que ser interpretados como uma proposta de mapa mas podem (e devem) ser usados e partilhados pela comunidade educativa para servir de inspiração. Não foram avaliados os aspetos científicos dos conteúdos dos mapas mas sim a aplicação das várias ferramentas geográficas para representar um tema de um determinado grupo de recrutamento ou, mesmo, o cruzamento de temas de vários grupos de recrutamento no mesmo mapa. Os mapas originais criados pelos formandos estão em KML para serem descarregados e visualizados em Google Earth, mas fiz uma conversão automática para Google Maps para uma visualização prévia, pelo que pode ter uma apresentação diferente do original.

Rota Termal Romana

Equipa constituída por Abel Agostinho Cruz (Grupo 200) e José Lopo (Grupo 200).

 - Conhecer e compreender as características das termas romanas na Península Ibérica;
 - Conhecer e compreender as mudanças operadas na Península Ibérica durante a romanização;
 - Desenvolver a capacidade de observação, análise e comunicação dos alunos;
 - Identificar vestígios materiais da presença romana no território português e caracterizar o seu modo de vida;
 - Promover o trabalho de equipa e a sociabilidade entre alunos e docentes;
 - Sensibilizar para a preservação do património histórico-cultural.
   
https://drive.google.com/open?id=1Gbkw50YMEDLgDH8t0hJClLg9JmwmDGjU

 - Mapa Topográfico – Quinta de Curalha

  Realizado por Alípio Anjos (Grupo 420).

    - Descrever os vários elementos do mapa topográfico;
    - Localizar vários lugares da quinta;
    - Indicar os valores de latitude, longitude e altitude das edificações e dos pontos de água da quinta;
    - Compreender as coordenadas geográficas.
https://drive.google.com/open?id=1kEuphcn98DoMGZrBumQ34Tk3NC2n9VQW

 - As lutas entre liberais e absolutistas – a Guerra Civil (1832-1834)

 Equipa constituída por Ana Maria Braga (Grupo 200) e Fernanda Duarte (Grupo 200).

    Relacionar a guerra civil com a divisão do país entre defensores do absolutismo e defensores do liberalismo;
    - Descrever sucintamente a guerra civil de 1832-1834, salientando episódios marcantes do triunfo de D. Pedro e da Monarquia Constitucional;
    - Identificar/aplicar os conceitos: guerra civil, monarquia liberal, mudança, rutura;
    - Mobilizar as TIC e as TIG para localizar e conhecer as movimentações das tropas liberais e absolutistas.


 À descoberta da minha cidade - O Porto

 Equipa constituída por Beatriz Vilarinho (Grupo 200), Iolanda Gonçalves (Grupo 200) e Vitor Sousa (Grupo 200).

    - Localização de Portugal no Mundo: Conhecer a superfície terrestre;
    - Localização da cidade do Porto: Descrição da Paisagem;
    - Elementos que constituem a paisagem: Paisagens naturais e humanizadas;
    - Entender o papel do homem na transformação do espaço geográfico;
    - Visualizar as mudanças geográficas realizadas pelo homem e pela natureza;
    - Obter informações sobre diferentes pontos de interesse na cidade.
https://drive.google.com/open?id=1gZTcFprgZ94G8wlghHYnj9nww8cAY7eO

 Visita de Estudo Parque Natural do Alvão

 Equipa constituída por Carlos Grilo (Grupo 420) e Maria Clementina Torres (Grupo 420).

    - Reconhecer a existência de disparidades económicas e sociais a nível regional;
    - Desenvolver a perceção para ambiente não familiares, incentivando e criando uma nova maneira de ler o espaço;
    - Fazer observações integradas da paisagens identificando as interrelações entre os diferentes elementos;
    - Tomar contato com técnicas e instrumentos específicos do trabalho de campo: os esboços/fotos e o inquérito;
    - Elaborar um pequeno relatório apoiando-se nas técnicas mobilizadas.
https://drive.google.com/open?id=1vIyTxYqkR4UWw2oIV6zSJaS-UAq5SUV-

 Viagem pela União Europeia

 Equipa constituída por Isabel Maria Pereira (Grupo 420) e Laurentina Ferreira (Grupo 200).

    - Reconhecer diferentes formas de representação do mundo de acordo com a posição geográfica dos continentes e com os espaços de vivência dos povos, utilizando diversas projeções cartográficas;
    - Selecionar as formas de representação da superfície terrestre, tendo em conta a heterogeneidade de situações e acontecimentos observáveis a partir de diferentes territórios;
    - Aplicar as Tecnologias de Informação Geográfica, para localizar, descrever e compreender os lugares;
    - Conhecer, identificar e localizar os diferentes países da U.E;
    - Discutir os aspetos mais significativos da inserção de Portugal na União Europeia.

https://drive.google.com/open?id=1g7mGpr5SYXo8h5OGer3GcT6ARFTspohe

 - As pontes do Porto na História

 Trabalho realizado por Lucinda Maria Amaral (Grupo 200).

    - Conhecer a importância das pontes, para a cidade do Porto, relacionando-as com o desenvolvimento das redes de transporte e com a distribuição da população e atividades económicas;
    - Fazer relação entre as vias de transporte existentes atualmente e as vias, ou falta delas, no passado;
    - Identificar as vias de transporte existentes na região.

https://drive.google.com/open?id=17YYUxFT3le_HyKkgdgdY_ZaWuPe3Z-lk


 A 2ª invasão francesa

 Equipa constituída por Isabel Maria Isabel Moura (Grupo 200), Maria do Pilar Freire (Grupo 200) e Maria Teresa Moura (Grupo 200).

    - Localizar as localidades por onde passaram as tropas francesas desde onde entraram (Chaves) até chegarem à cidade do Porto e ao desastre da Ponte das Barcas.

https://drive.google.com/open?id=11gbNOWDD4_v5AwKE-EJkBxU2ui1WcWtb

 Formas de Relevo Litoral em Portugal Continental

 Equipa constituída por Maria Luisa Carreira (Grupo 420) e Maria Manuela Abreu (Grupo 420).

    - Identificar e localizar algumas das principais formas do relevo litoral português;
    - Demonstrar a ação erosiva do mar;
    - Relacionar características do meio com a possibilidade de ocorrência de riscos naturais.
https://drive.google.com/open?id=1XZ37wkFPXyGGSg7xnPiFK8Ovc1GBKRSE

Partilhar esta página